Diga-me com quem andas que te direi quem és.

Somos a média das cinco pessoas que convivemos.

Antes de entrarmos no tema do artigo, quero citar dois exemplos de grandes empresários. Primeiro deles é Bradley Sugars que em 1994, em um escritório de contabilidade em Brisbane na Austrália, criou a ActionCOACH. Empresa que hoje figura como a número 1 do mundo na área de Coaching Empresarial com mais de 1000 escritórios, distribuídos em 72 países. Inclusive figurando no Top 50 do Franchisee Satisfaction Award para 2018.

O segundo exemplo é Flávio Augusto que aos 23 anos fundou a Wise Up. Em 18 anos, a empresa expandiu e tornou-se uma holding avaliada em cerca de R$ 877 milhões. Atualmente, um dos grandes empreendimentos do empresário consiste em um curso que destaca diversos cases de sucessos e afirma ensinar aos seus alunos como se tornar um empreendedor de sucesso. Além deste empreendimento, Flávio é dono do Time de Futebol Orlando City Soccer Club da cidade de Orlando, Flórida.

Exemplos apresentados, quero citar uma afirmação de Brad “Daqui a 5 anos, você será o fruto dos livros que você leu e as pessoas com quem se relacionou.” Um questionamento: O que estes empresários têm em comum e o que os levou a ter tais resultados?

Os livros levam pessoas à lugares que as vezes não conseguiriam chegar. Nosso foco são os negócios e empresas e posso afirmar que tudo ou quase tudo sobre o que precisamos aprender sobre negócios, já foi escrito ou estudado. E posso dizer que a leitura se transforma na consultoria mais barata para o mundo dos negócios. Basta escolher um livro para iniciar a leitura. Identifique a sua área de maior oportunidade que necessita ser alavancada e verá claramente o que fazer para melhorar o seu negócio.

Creio que para construir um sistema de coaching empresarial que funciona de fato, escrever mais de 15 obras voltadas para o mundo dos pequenos e médios negócios, Bradley Sugars deve ter lido algumas centenas de livros. Da mesma forma, o Flávio Augusto.

Nem todas as afirmações tradicionais são válidas, porém precisamos refletir sobre elas. Alguns dizem que somos a média das 5 pessoas mais próximas que nos rodeiam e com as quais nos relacionamos. Ou, me diga com quem andas que te direi quem és.

Os pais, o cônjuge, os irmãos, os colegas, os vizinhos, são importantes para nós. Mas, sinceramente, quantos deles poderiam nos dar um conselho ou uma “força” num momento ou numa área específica do nosso negócio?

Assim, deveríamos nos perguntar: quais são as pessoas com quem poderíamos aprender muito sobre negócios, ou que poderiam nos ajudar a superar uma determinada dificuldade na nossa empresa?

Muitos cometem loucuras para chegar às pessoas que possam “ajudá-los”. Cuidado, principalmente se o seu propósito é ganhar muito dinheiro. As grandes mentes querem desenvolver mentes que possam, através de trabalho e de atitudes, ganhar dinheiro, pois para eles o dinheiro é apenas consequência do comportamento e das atitudes das pessoas.

Se não atingimos o nosso objetivo, tenhamos paciência. Saibamos que deveremos fazer “amigos” que estejam num patamar superior e que possam influenciar-nos e nos dar insights e sugestões de como ou o que devemos melhorar no nosso negócio para que sejamos exitosos. Não esqueçamos que como nós, outras pessoas ainda não chegaram aonde nós estamos e necessitam de ajuda desinteressada.

O Brad relata que, já aos 17 anos, ouviu uma palestra do Jim Rohn, quando este lhe disse: “Trabalhe mais com você do que com o seu trabalho”. Não precisamos citar novamente onde Brad chegou ou em que ele se transformou. Imagine que hoje ele é a pessoa mais influente para melhorar a vida dos pequenos e médios empresários. Até hoje, Jim Rohn continua sendo uma fonte de inspiração.

O Flávio Augusto expressa com maestria as melhores formas de empreender no Brasil e se coloca à disposição, de forma aberta e transparente, para empresários que ainda necessitam dos seus conselhos e além disso faz com que grandes empresários também se coloquem à disposição para mostrar o caminho, por onde trilharam, para chegar ao sucesso.

Alguns clientes me perguntam: Qual o melhor estágio de um empresário? E eu respondo: “Quando a sua empresa funcionar sem que necessite de você estar 100% envolvido nela; quando tiver o dinheiro que gostaria de ter; quando tiver tempo para dedicar-se e relacionar-se com as pessoas que realmente importam para a sua vida e ter qualidade de vida.” Só assim estará em um estágio interessante.

E como chegar lá? Se hoje somos fruto dos livros que lemos e das pessoas que conhecemos e com quem nos relacionamos nos últimos 5 anos, que diferença fará no seu negócio, se você ler 12 livros, nos próximos 12 meses, com estratégias passíveis de aplicação imediata? E se você selecionar o melhor contador, o melhor advogado, o melhor mentor ou coach empresarial para ajudá-lo e as melhores pessoas para trabalhar no seu negócio? Pense nisso!

“Trabalhe mais com você do que com o seu trabalho”, isso será possível com a leitura e com os relacionamentos, pois gerará conhecimento para você criar uma empresa que funciona sem você.

NOSSO PRESENTE ESPECIAL PARA VOCÊ

O Coaching é um treinamento que funciona como um acelerador de resultados para empresas. O objetivo é sempre gerar uma mudança de mentalidade para que as metas empresariais possam ser alcançadas com efetividade e no menor prazo de tempo possível.

Se você acredita que sua empresa tem potencial para ter melhores resultados, faça uma sessão de Coaching Grátis! Basta clicar aqui e se inscrever agora!

Confira alguns cases de sucesso:

No site da ActionCOACH SC você pode encontrar também mais informações sobre como funciona o Coaching. Estamos prontos para ajudar seu negócio!

Conheça o autor e coach do artigo:

Sobre-actioncoach

2018-09-18T13:34:36+00:00

Leave A Comment